Skal São Paulo debate legado das viagens de incentivo a Copa do Mundo no Brasil

Publicado em 03/06/2015

Imagem do Artigo Skal São Paulo debate legado das viagens de incentivo a Copa do Mundo no Brasil


Na  quinta-feira (21/05), no Centro de Convenções Rebouças, o SKAL-SP promoveu um happy hour temático sob o tema “Copa do Mundo: o maior prêmio de viagens de incentivo do Brasil e seu legado para o trade brasileiro”, apresentado pelo CEO Núcleo Copa do Mundo, Gilmar Pinto Caldeira.

Caldeira iniciou a apresentação com um breve histórico sobre as viagens de incentivo no mundo, que cresce desde a primeira experiência, em 1889, nos Estados Unidos, e que deverá sofrer um grande impulso no Brasil após o sucesso da Copa ano passado. O palestrante destacou o legado deixado pelas 2 mil empresas que premiaram funcionários, clientes ou fornecedores com ingressos para o evento esportivo, sendo que 70% nunca havia feito esse tipo de premiação. Ressaltou, entretanto, não acreditar que o governo federal tirará proveito desse legado “Se o governo não fez isso nem durante a Copa...mas os destinos brasileiros poderão se beneficiar, ainda há tempo!” declarou.

Na sabatina moderada por Elza Tsumori, da ForEventos, os convidados fizeram várias perguntas, uma delas se as Olimpíadas, no Rio de Janeiro, repetirão para o segmento de incentivos, o boom da Copa. O palestrante foi enfático ao dizer que se trata de um evento tipicamente familiar, no qual não constam camarotes, por exemplo, sendo pouco adequado para o mercado.

O presidente do Skal-SP Aristides de La Plata Cury lembrou que eventos como esse contribuem para o fortalecimento da visão do Skal, fundado em 1934, e que completará 60 anos no Brasil no ano que vem, “Ser uma voz de confiança do setor de viagens e turismo”.