Legalização de cassinos no Brasil: os benefícios para o turismo

Publicado em 26/04/2016

Trade turístico debate a legalização dos cassinos no Brasil
 
Encontro do Skål São Paulo, em parceria com a Associação Brasileira de Resorts, teve participação do deputado Herculano Passos
 
São Paulo, 27 de abril de 2016 - O Presidente da Frente Parlamentar Mista em Defesa do Turismo, deputado federal Herculano Passos (PSD-SP), participou de um encontro com o trade turístico no último dia 25, em São Paulo, para tratar da legalização dos cassinos no Brasil. O evento reuniu cerca de 70  profissionais do setor, nomeadamente representantes de resorts de todo o país, para o acompanhamento do tema, considerado um dos mais importantes para o fomento do turismo no país.
 
"Por meio do investimento no turismo podemos sair da crise e os cassinos são uma oportunidade para que o Brasil tenha uma receita melhor, além da geração de empregos, de investimentos, de lucros, e de outros fatores positivos", comentou o deputado. Caso o projeto, que hoje tramita no Senado, receba a sanção presidencial, a arrecadação para o país proveniente dos cassinos poderá atingir R$ 20 bilhões no primeiro ano e chegar a R$ 100 bilhões em 10 anos. "Serão impostos arrecadados apenas de quem joga e não para toda a população, como é o caso da CPMF", ponderou.
 
"De todos os países do G20, apenas três não tem cassinos legalizados, dois deles são de origem islâmica e um é o Brasil. Estamos em um momento favorável para a legalização, que permitirá mostrarmos mais o Brasil para o mundo. Ainda estamos engatinhando em relação ao turismo internacional, queremos atrair gente de fora", afirmou o parlamentar. Passos pontuou ainda sobre o interesse de empresas internacionais em investirem no segmento no país, mas que é importante deixar espaço para o investimento nacional, e comentou sobre a importância da fiscalização e de se estabelecer um percentual correto de arrecadação, para que empresários e investidores tenham condição de investir e tornar o negócio viável.
 
Sucedeu a exposição um produtivo debate, introduzido pelo presidente da ABR - Associação Brasileira de Resorts, Luigi Rotunno, com questões direcionadas a Herculano Passos, acerca das garantias para os empreendimentos que optarem por investir nos cassinos, da fiscalização e da administração destes espaços.
 
A plateia também participou com perguntas e contribuições ao deputado. Os assuntos discorreram sobre a possibilidade de linhas de crédito para apoio a investidores, a obrigatoriedade dos cassinos estarem vinculados a complexos com espaços para eventos e infraestrutura adequada e a presença de, no mínimo, um cassino por estado brasileiro.
 
“Inaugurando parceria com a ABR, acima das expectativas mais otimistas, o café da manhã integra o calendário anual de eventos temáticos do Skål São Paulo, cumprindo a missão de trazer oportunidades de negócios a skalegas e ao trade turístico” comemorou seu presidente  Aristides Cury.
 
De fato, dados da ABR preveem que a legalização dos cassinos permitiria um aumento das taxas de ocupação dos resorts no País e dobraria o faturamento do setor, que fechou 2015 com R$1,8 bilhão de receita. Outra previsão divulgada é a de abertura de 400 mil vagas de trabalho só no setor  de turismo, caso os cassinos sejam legalizados.
 
O SKÅL é uma associação Internacional de profissionais de turismo, com sede na Espanha e atuação em diversos países, que visa promover o turismo local, nacional e mundial por meio do network. É o único grupo internacional que une todos os ramos da indústria de viagens e turismo - seus associados, os gestores da indústria e executivos, encontram-se local, nacional, regional e internacionalmente para discutir temas de interesse comum e contribuir com o desenvolvimento do setor em cada uma das localidades.
 
Informações para Imprensa:
CBS Comunicação
Camila Barini – camila@cbscom.jor.br-  (11) 98478-3776 – WhatsAPP